domingo, 20 de dezembro de 2009

O arco-íris no seu prato – Beneficie da cor

Dar cor ao seu prato é muito fácil, prático, saudável e económico. Através de frutas e hortícolas, pois estas têm todas as cores do arco-íris – verde, vermelho, branco, amarelo e laranja, roxo e azul-escuro e castanho, estas cores devem-se aos fitoquímicos (fenómenos de refracção da luz) que, juntamente com as vitaminas, os minerais e as fibras, estão associadas aos benefícios para a saúde.

Consumir estes produtos, é fazer uma alimentação saudável, pois podem ajudá-lo a melhorar a visão, a memória e a saúde cardiovascular, a manter um peso saudável e a diminuir o risco de várias doenças.

As frutas e hortícolas são alimentos ricos em nutrientes bastante benéficos para o organismo, estes representam uma parte fundamental da alimentação saudável que deve ser realizada por todas as pessoas diariamente.

Estes alimentos fornecem nutrientes insubstituíveis tais como:

Minerais:

- Zinco: tem a capacidade de reforçar o sistema imunitário, participa na divisão, crescimento e reparação das células, auxilia na desintoxicação de álcool no fígado, auxilia na digestão, produz um aumento de produção de proteínas, ajuda na manutenção dos níveis de colesterol, participação na formação óssea e na cicatrização.

- Cálcio: é o material construtor dos ossos e dentes e participa em várias reacções orgânicas importantes, ligadas à contracção muscular, à coagulação sanguínea e à transmissão nervosa, entre outras.

- Magnésio: Ajuda a evitar cãibras musculares, mantêm o bom funcionamento dos músculos, nervos e densidade óssea, e alivia contusões.

-Cobre: previne a anemia e as doenças ósseas, ajuda no combate aos danos celulares e promovem o desenvolvimento fetal adequado.

- Potássio: benéfico para a tensão arterial, para o equilíbrio dos fluidos do corpo, e para a contracção muscular.

- Fibra alimentar: ajuda a baixar os níveis de colesterol do sangue e a manter um peso saudável

- Ácido fólico: participa na divisão das células e na formação dos glóbulos vermelhos.

- Carotenóides (pró-vitamina A): mantém os olhos e a pele saudáveis e ajudam a proteger das infecções.

Vitaminas

- Vitamina E: protege os componentes das células contra agressões

- Vitamina C: protege o organismo mantém os dentes e as gengivas saudáveis e ajuda na absorção do ferro.

Compostos protectores

- Fitoquímicos: estimulam as defesas do organismo, existem diversos tipos diferentes nas frutas e nos legumes, tais como:

- Flavonóides: são uma parte da família de fitoquímicos chamada polifenóis. As maiores categorias de flavonóides são: flavonas, flavonóis, isoflavonas, antocianinos e catequinos. Os flavonóides são encontrados em uvas, cebolas, brócolos, couve, aipo, soja, tomates, beringela, cerejas, maçãs e chá. Os flavonóides combatem problemas cardíacos, reduzem o crescimento de tumores, previnem coágulos, reduzem inflamações e agem como antioxidantes. No entanto, em altas doses, alguns flavonóides podem causar sérios problemas gastrointestinais ou alergias.

- Allium (enxofre nas plantas): contidos em cebolas e alho. Reduz os níveis de colesterol e protege contra problemas cardíacos.

- Ácido elágico: é encontrado nas frutas vermelhas, e previnem que as células saudáveis se tornem cancerígenas.

- Indoles: encontra-se nos vegetais crucíferos, tais como os brócolos, repolho, couve-de-bruxelas, couve-flor, couve verde, e os nabos. Participam no bloqueio do crescimento de novas células cancerígenas da mama e da próstata.

- Isoflavonas: são semelhares ao hormónio estrogénio feminino. São encontrados na soja, grãos, frutas vermelhas, sementes e certos legumes. Melhoram a densidade óssea, diminuem os níveis de colesterol, e reduzem alguns sintomas de menopausa.

Assim podemos colorir o prato com várias cores:

-> Alimentos Vermelhos – ajudam a proteger o coração

Os frutos e hortícolas existentes são:
- Frutos: Cerejas, Framboesa, Maçã vermelha, Melancia, Morango e Romã, amora vermelha, papaia, goiaba vermelha.

- Hortícolas: Tomate, Pimento Vermelho e Rabanete.

Estes alimentos contém antocianina que dá a cor vermelha e estimulam a circulação sanguínea, fortalecem os vasos e melhoram a visão e contem licopeno este previne o aparecimento do cancro da próstata. Estes alimentos ajudam ainda a melhorar a saúde cardiovascular e a memória, diminuem o risco de cancro e doenças urinárias.

-> Alimentos Amarelos e Laranja – dão uma boa visão

Os frutos e hortícolas existentes são:
- Frutos: Ananás, Dióspiro, Laranja, Limão, Manga, Meloa, Pêssego, Tangerina, damasco
- Hortícolas: Abóbora, Cenoura, Milho doce e Pimento Amarelo.

Estes alimentos são ricos em beta-caroteno (pró-vitamina A), vitamina C, potássio e ácido fólico, Carotenos, carotenóides. Ajudam na cicatrização e na boa visão, e mantêm a pele jovem e o sistema imunitário eficaz, mantêm o sistema nervoso saudável e contribuem para a prevenção do cancro da mama. Por exemplo: as cenouras favorecem e aceleram o bronzeado da pele.

->Alimentos Roxos e Azuis-escuros – combatem o envelhecimento

Os frutos e hortícolas existentes são:
- Frutos: Ameixa, Amora, Figo, Maracujá, Mirtilo, Uva Passas e Uvas pretas.

- Hortícolas: Beringela, Beterraba e Couve Roxa, repolho.

Estes alimentos são ricos em antioxidantes e fitoquimicos: antocianinas e betalaína que lhes dão a cor. Ajudam ainda no combate ao envelhecimento, diminuem o risco de cancro e doenças urinárias e melhoram a memória. As antocianinas presentes nas uvas protegem o coração e melhoram a circulação venosa.

->Alimentos Brancos – ajudam a baixar os níveis de colesterol

Os frutos e hortícolas existentes são:
- Frutos: Banana, Lichias, Melão e Pêra Rocha.

- Hortícolas: Alho, Alho francês (caule), Cebola, Cogumelos, Couve-flor, Gengibre, Nabo e Rebentos de Soja.

Estes alimentos são ricos em allium e potássio. Ajudam a baixar os níveis de colesterol, melhoram a saúde cardiovascular e diminuem o risco de cancro.

->Alimentos Verdes – mantêm a pele jovem

Os frutos e hortícolas existentes são:
- Frutos: Abacate. Kiwi, Maçã verde e uvas verdes.

- Hortícolas: Aipo, Alface, Courgette, Couve, Couve-de-bruxelas, Espargo, Espinafres, e Pepino, Brócolos, salsa.

Estes alimentos são ricos em potássio, vitamina C, K e ácido fólico e Clorofila que lhe dá a cor. Estes ajudam a manter a pele jovem, no combate de agressões ao organismo e formam ossos e dentes fortes, tem um efeito desintoxicante (estimulam células a libertarem as toxinas) é anticancerígeno, Estes alimentos ajudam a restabelecer o ph do sangue, combatendo a acidez crónica e provocada pelo consumo excessivo de proteína animal.

->Castanho – ajudem o bom funcionamento do intestino

Os frutos e hortícolas existentes são:
- Frutas e hortícolas: Nozes, aveia, castanhas, cereais integrais.

Estes alimentos são ricos em fibras e vitaminas do complexo B e E, têm uma acção prebiótica, contribuindo para o funcionamento do intestino, combatem a ansiedade e depressão, previnem o cancro e as doenças cardiovasculares.

Em relação á fruta devemos ingerir 3 a 5 porções, sendo que deverá ser 1 peça de fruta de tamanho médio 160g (kiwi, laranja, maçã, pêra) ou então uma peça pequena de morango ou cerejas.

Em relação ás hortícolas devemos também ingerir 3 a 5 porções, a quantidade será 2 chávenas almoçadeiras de hortícolas cruzes (180g) ou 1 chávena almoçadeira de hortícolas cozinhados (140g).

Assim temos imensos benefícios a colorir o prato tais como:
- Estes alimentos não possuem conservantes e não têm uma cor artificial
- Fornecem vitaminas, minerais, fibras, água e oligoelementos em abundância
- como as texturas são firmes exigem que se mastigue bem os alimentos, fazendo que se coma mais lentamente e assim iremo-nos sentir satisfeitos com menos comida.
- são processados e assimilados rápida e facilmente
- são mais seguros, pois não possuam químicos
- são 100% bons para o nosso organismo.

Outra coisa que devemos ter em conta é o índice glicémico das frutas e dos vegetais, ou seja, devemos identificar quais os hidratos de carbono que são bons e os que devemos evitar, e fazemos isso verificando a sua posição no “índice glicémico”. Este fornece um guia de rapidez em que os hidratos de carbono se transformam em açúcar no corpo. Assim, alimentos com índice glicémico baixo transformam-se em açúcar gradualmente, libertando a sua energia; enquanto os alimentos com elevado índice glicémico transformam-se em açúcar mais rapidamente, causando picos de açúcar no sangue, mudanças de humor e ganho de peso.
Alimentos com índice glicémico elevado:
- Frutas e Vegetais: Banana, Passas e Beterraba.
- Amido: Pão branco, pão integral, cenouras, cereais, milho, muesli, feijão, massa, batatas, biscoitos salgados, açúcar refinado e arroz.

Alimentos com índice glicémico médio:
- Frutas e vegetais: Damasco, melão, uvas, ervilhas, ananás e melancia
- Amido: Farinha de aveia, feijão, soja, pão pita, pão integral de centeio, feijão branco, batata-doce, abóbora e Nabiças.

Alimentos com índice glicémico baixam:
- Frutas e vegetais: Maçã, espargos, brócolos, couves de Bruxelas, couve, couve-flor, aipo, cerejas, pepino, toranja, feijão verde, pimento verde, kiwi, alface, cogumelos, cebolas, laranja, pêssego, pêra, ameixas, espinafre, morangos, tomate, courgette.
- Amido: Lentilhas.

Agora já não precisa de arranjar desculpas, as frutas e os hortícolas são muito benéficos para o nosso organismo, não são caros, são muito mais baratos que os snacks (bolachas e batatas fritas) e para além disso são ricos em micronutrientes, enquanto os outros são ricos em gordura, açúcares e sal. Não são difíceis de preparar, pois já existem frutas descascadas, saladas pré-preparadas, hortícolas pré-congeladas para poder preparar refeições rápidas. Componha o seu prato de uma forma colorida sem ser o amarelo das batatas fritas e o castanho do bife, utilize frutas e vegetais, tendo em atenção o seu índice glicémico.
Enviar um comentário